URBE LATAM

Sobre nós

O projeto URBE Latin America é conduzido por uma equipe de pesquisa multidisciplinar altamente qualificada (incluindo Ciências Sociais, Engenharia e Ciências Físicas) e adota uma abordagem de coprodução dialógica dos dados gerados pelos cidadãos, baseadas em parcerias bem estabelecidas com iniciativas comunitárias para o desenvolvimento local, educação e redução de riscos de desastres no Rio de Janeiro e Medellín, bem como com agências governamentais envolvidas na redução de riscos de desastres e planejamento e desenvolvimento local. O projeto envolve três instituições de ensino superior (IES): a Universidade de Warwick, no Reino Unido; a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Brasil; e a Universidade de Antioquia (UdeA), na Colômbia.

Nós buscamos preencher a lacuna hoje existente entre ações implementadas para desenvolvimento sustentável local e a resiliência equitativa nas comunidades sujeitas a riscos e vulnerabilidades. O caminho proposto é uma abordagem de pesquisa transdisciplinar, orientada à capacitação de moradores de bairros urbanos pobres e propensos a desastres, envolvendo estes cidadãos na coprodução de conhecimentos aprimorados e específicos no contexto dos riscos locais, visando ainda a integração dos dados resultantes na tomada de decisões, procedimentos de redução de risco de desastres e monitoramento do desenvolvimento sustentável.

Para tal, o projeto envolve quatro componentes integrados:

1) envolvimento dos cidadãos na geração de dados para expandir a compreensão dos riscos no nível do bairro;

2) O engajamento dos cidadãos nas questões do risco local será perseguido juntamente com uma análise das desigualdades sócio-espaciais nos indicadores e políticas de resiliência e desenvolvimento, nos níveis municipal, regional e nacional;

3) Reestruturação do mapeamento de riscos ambientais com dados gerados por cidadãos;

4) Articulação e integração dos dados a uma estrutura para facilitar transformações dialógicas entre os diferentes atores envolvidos na discussão. A implementação desses produtos permitirá ainda o desenvolvimento de novas capacidades nas comunidades locais e nos governos do Rio de Janeiro e Medellín.